terça-feira, 7 de julho de 2009

Chocante

Pensei em contar esta história no meu outro blog, mas como tudo começou na compra das luminárias, conto aqui.

Semana passada, eu de atestado médico, fui com a Bel comprar as luminárias do ap. Aproveitamos para comprar duas lâmpadas extras para trocar as do banheiro do apartamento onde estou morando, que estavam queimadas. A Bel voltou pra casa comigo e, como eu estava com torcicolo e ela é mais alta, pedi que trocasse as lâmpadas para mim.

Aí ela me contou que, quando era pequena, levou um choque trocando a lâmpada da cozinha. A esperteza não desligou a luz e recebeu tamanha descarga elétrica que caiu de costas em cima da mesa, chorando. No mínimo, traumatizante.

Algum tempo depois, ela conta a história do choque para a minha mãe. E aí vem a melhor parte. Minha mãe tinha uma história muito mais interessante:

- Quando eu era pequena, a gente brincava de tomar choque. Todas as crianças davam as mãos. A que estava em uma das pontas subia na mesa, pegava um clipe ou um grampo e enfiava no soquete da lâmpada. A última criança da fila tomava um chocão. Era super legal. Normalmente os menorzinhos ficavam por último.

Não sei nem mais como terminar este post. Acho que a história dispensa comentários.

4 comentários:

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Meu Deus!! E todos vivem? Normais? Devem ter bastante energia!!

    ResponderExcluir
  3. era super legal pra quem não era o último da fila. credo!

    ResponderExcluir
  4. Todos vivem... se normais, há controvérsias! hehehe

    ResponderExcluir