terça-feira, 7 de abril de 2009

Propagandas e despropagandas

Onde comprar materiais de construção? Onde encomendar as bancadas, com quem fazer os armários? É difícil escolher sem recomendação, então compartilho com vocês experiências que tive com alguns fornecedores. É claro que não dá pra garantir a qualidade de um lugar por causa de uma boa experiência nem desqualificá-lo em razão de uma única experiência negativa. Em todo caso, dá pra desconfiar. E aí vão minhas dicas.

Recomendo:

Vallori (SIA trecho 3) - lojinha pequena e cheia de variedades. Eles trabalham com vários revestimentos que não são fabricados em Brasília, como cimento queimado, Lepri (cerâmica rústica), ladrilhos hidráulicos, cerâmicas e porcelanatos super diferentes. Lá é caro, mas eles cumprem os prazos e o atendimento é impecável.

Solarium - não é uma loja, mas uma empresa que fabrica cimento. A Vallori é o representante deles em Brasília. A entrega das lajotas de cimento foi a coisa mais perfeita que já vimos. O maior cuidado dos carregadores pra não danificar o material e uma pontualidade inglesa.

Só Reparos (várias lojas em Brasília) - é a segunda vez que trabalhamos com eles e nunca tivemos qualquer problema. Abrimos uma conta (é só deixar um cheque caução) e o mestre de obras pode ir lá a qualquer momento pra retirar material. Eles têm do básico - cimento, areia, argamassa, material hidráulico - ao acabamento - cubas, cerâmicas, louças, metais. A loja do SIA é maior e mais completa, mas a da 404 norte não deixa a desejar. Ah: e os preços são dos melhores.

Azulejos Antigos (712/713 N): lá você acha azulejos de demolição. Boa variedade e atendimento muito atencioso.

Leroy Merlin: muita variedade e muitas opções fashion. Preço razoável. Empresa muito organizada, que cumpre os prazos de entrega.

Recomendo com ressalvas:

Goiarte (Goiânia): fábrica de ladrilhos hidráulicos (lindos!). Atendimento atencioso e boa variedade. Preço imbatível (1/3 do que se encontra em Brasília). O único porém é que eles descumpriram muito o prazo, o que acabou atrasando a obra. Também recebemos o material com algumas peças quebradas - o que, segundo o freteiro, é normal, e por isso mandavam peças a mais. Isso ainda temos de conferir.

Ibramar (SIA trecho 3): mármores e granitos. Excelente variedade e bom preço. O cara responsável por tirar as medidas manda muito bem, e o material é bem feito. Problemas: atendimento regular e descumprimento de prazos. Trabalhar com a Ibramar foi uma experiência um pouco estressante.

Kit House: armários. Não sei se vamos fazer algo com eles dessa vez (trabalhamos com eles quando reformamos nosso apartamento atual), porque os preços do marceneiro são muito mais competitivos. Mas eles têm boa variedade e oferecem opções tecnológicas para os armários (gavetas que não batem, essas coisas). Cometeram alguns erros na nossa cozinha atual, mas os armários são de qualidade e eles não foram teimosos ao reconhecer o erro.

Não recomendo:

Sebba: a Sebba foi o nosso desgosto. A cerâmica atrasou mais de uma semana e o vendedor se recusava em assumir o erro. Finalmente, o gerente tentou compensar o mal-entendido trocando nossa cerâmica por uma mais cara, mas a antipatia ficou.

Aguardando o resultado:

Coima: portas de madeira. Lá tudo é lindo, cheira a madeira. Até agora fomos muito bem atendidos. Preço: exorbitante. Ainda não sabemos quanto à qualidade do material e o cumprimento de prazos; quando recebermos a porta da varanda contamos pra vocês.

2 comentários:

  1. sensacional saber disso! todos os consumidores deveriam fazer isso sabia? bj

    ResponderExcluir
  2. óia a Lia tb é utilidade publica!

    ResponderExcluir